Campeonato de Futebol da cidade movimenta os esportistas de Arujá

 Teve início no último domingo (20/04) a edição 2014 do Campeonato de Futebol da Cidade de Arujá, competição municipal que movimenta os principais times de futebol da Cidade Natureza.
 O campeonato é promovido pela Liga Arujaense de Futebol (LAF), com o apoio da Secretaria de Esportes da Prefeitura Municipal de Arujá. O campeonato reúne 21 equipes na Série A, divididas em quatro grupos. 
Na Chave A estão A.D.Vila Real, Real Madrid, Real Sociedade, Castelo e Meninos do Morro. Na primeira rodada, o Meninos do Morro não respeitou o nome de majestade do Vila Real e venceu por 2 a 1.
Na Chave B estão Juventude, tradicional clube da cidade, Bad Boy, Emília A, Fênix e o E.C.Arujaense/Celtic, clube recém fundado na cidade e que é dirigido pelo treinador Elias Teixeira, ex-técnico da Matonense.
A Chave C tem o forte time do E.C.Parma, o Unidos do Jardim Álamo, o Resto do Álamo, o São Domingos e o Aliados/Bela Vista. 
Na Chave D estão Jaguari, Galvalle, Atlético Aracília, Bola + 1 e Madrugada. 
 SÉRIE B 
Na série B estão 15 equipes, assim distribuídas.
Na Chave A estão Atlético Arujá, Limoeiro, Amigos F.C., Atlético Barreto e Atitude;
na B tem Vila Riman, União Arujaense, Força Tática, Áz de Ouro e Copaco/Criciúma; e na
Chave C estão Unidos Residencial, Onze + 1, Jardim Emília B, Instituto Cícero e São Bento. 
Na série A, classificam-se quatro times em cada grupo, que disputarão em jogos eliminatórios as oitavas de final, quartas de final, semifinais e final, tudo em jogo único; na B, classificam-se dois em cada grupo, mais os dois melhores terceiros colocados dos três grupos.
Os jogos do campeonato, que acontecem no período da manhã e da tarde, todos os domingos, estão sendo disputados nos seguintes estádios: Municipal “Armando Maiolino”, Complexo Esportivo “Ailton de Oliveira”, no Jardim Emília, antigo campo da Techinti.; Casterrão no bairro do Portão e Estádio “José Macedônia”, do E.C.Juventude.
LAF O presidente da Liga Arujaense de Futebol é um maranhense de Timon, que mora em Arujá há 27 anos. Gilberto Santana da Silva, conhecido como Giba, é apaixonado por futebol e torcedor do Santos F.C. Quando chegou na cidade, vindo do bairro da Penha, em São Paulo, logo procurou um campo para jogar suas “peladas”. “Nunca fui bom jogador, mas eu era o dono da bola. Se não jogasse, não tinha jogo”, confessa o presidente, que hoje tem uma confecção de fardamentos esportivos e uniformes industriais. Giba viu que a cidade praticamente não tinha campo em boas condições para a prática do futebol. “Só tinha o estádio, não tinha mais campos, alguns eram impraticáveis para o futebol”, afirma. Observando isso, Giba participou, ao lado de outros esportistas, da fundação da Liga Arujaense de Futebol, ajudado pelo seu amigo e companheiro, professor Amauri Santiago. Giba foi eleito por aclamação dos 13 clubes presentes na reunião. Dirigiu a LAF de 2002 a 2009. Não foi candidato a reeleição em 2009, quando foi eleito Erenilton dos Santos, o Niltão. Em novembro do ano passado, Giba voltou a se candidatar a presidente da LAF e concorreu com Elaine Aparecida Silva, a “Nêga”, dirigente do “Bad Boy”. Foi eleito com sete votos de diferença. Assumiu a LAF em janeiro deste ano e comandará a LAF por quatro anos, tendo como vice Luciano Martins, Hélio de Araújo (secretário-geral), José Vando Oliveira (tesoureiro), Adão Eudes Moreira (2º. secretário), Nilton Santos Farias (diretor esportivo) e Givanildo dos Santos Regis (diretor de arbitragem). O Conselho Fiscal é formado por Carlos Francisco de Almeida, José Carlos Santos e Juarez Pereira da Silva. 

                                                                                           

Giba - presidente da LAF

 Moacyr Custódio

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 
JORNAL SÃO PAULO CENTER
Telefones: (11) 3374-3333 ou 9-9298-9006 - WhatsApp (11) 9-5847-9889 tim
  Site Super