Treinador Elias Teixeira se destaca no novo modelo de futebol profissional

Sempre que a temporada do futebol profissional no Brasil chega próxima do encerramento, no mês de dezembro, começam as especulações sobre o mercado de jogadores e treinadores de futebol. Quem vai, quem fica, quem não fica nem vai. É o vai e vem do mercado. 
No caso dos treinadores, o Campeonato Brasileiro, que está em suas últimas rodadas, vive uma incrível sucessão de troca de técnicos, com profissionais sendo demitidos de dois clubes na mesma competição, como Wanderley Luxemburgo, ex-técnico da Seleção; com técnicos correndo o risco de rebaixamento por dois clubes, como Dorival Júnior, que saiu do Vasco e foi para o Fluminense; e com quase todos os times trocando de treinadores na temporada. 
Diante dessa situação, um nome vem chamando a atenção dos estudiosos do futebol adeptos de um novo modelo de gestão: trata-se do treinador Elias Teixeira, que tem um nome consolidado no Brasil, não por dirigir grandes clubes em grandes conquistas, mas por ter mentalidade de inovação dos antigos e já superados conceitos. 
Segundo Elias Teixeira, diretor de A Escalada-Escola de Esportes, que ministras cursos para treinadores, o futebol de hoje exige uma nova mentalidade e postura dentro e fora das quatro linhas. “O conhecimento e estudos permanentes das situações que se apresentam em campo, a disciplina dos atletas baseada em informações didáticas e o conhecimento de direitos e deveres nas relações atletas, treinadores e dirigentes farão com que haja sintonia dentro e fora de campo”, ensina Elias Teixeira, que coordena há mais de três anos cursos para formação de treinadores de futebol e é presidente do Sindnate-Sindicato Nacional dos Treinadores Esportivos. 
Por esta mentalidade e nova forma de ver o futebol, Elias Teixeira vem sendo cogitado para trabalhos no Brasil e no Exterior e decidiu analisar as propostas que estão surgindo. “Quero voltar a dirigir dentro de campo. 2014 será um ano importante para o futebol, com a realização da Copa do Mundo, e tanto no Brasil, onde acontece a Copa, como no Exterior, haverá inovação, evolução no futebol, com aplicação cada vez maior de novos conceitos. E eu quero ajudar a fazê-los”, diz Elias Teixeira. 
Elias Teixeira, 57 anos, paranaense de Apucarana, é casado e pai de três filhas. “As meninas estão casadas e agora posso pensar em trabalhar no Exterior. Levando, é claro, a esposa, que agora resolveu deixar”, brinca o treinador, referindo-se à esposa Nira e às filhas Karina, Daiana e Aline e às propostas que recusou por causa das obrigações com a família.
Elias conta em sua carreira com trabalhos importantes, como treinador, supervisor e consultor de clubes como S.E.Matonense (primeira divisão de São Paulo), Centenário F.C. do Paraná, CEO de Alagoas, Tupã F.C., Atibaiense, Cruzeiro de Rondônia, USAC de Suzano (São Paulo), União de Mogi das Cruzes (São Paulo), Socceraway Coréia, Ginásio Pinhalense, entre outros. 

Moacyr Custódio

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 
JORNAL SÃO PAULO CENTER
Telefones: (11) 4653-3681 ou 9-9298-9006 - WhatsApp (11) 9-5847-9889 tim