Após noite trágica, Brasil tem pior campanha na Libertadores desde 1994

Agora, só resta o Santos. Mas desde que a Libertadores mudou de regulamento e passou a ser disputada por 32 equipes em 2000, o Brasil sempre teve pelo menos dois clubes nas quartas de final da competição. Afinal, o país passou a inscrever no mínimo quatro equipes a partir de então.

Na verdade, a última vez que o Brasil teve apenas um representante nas quartas de final foi na Libertadores de 1994, quando apenas três clubes brasileiros entraram na competição: o então defensor do título São Paulo, o campeão brasileiro Palmeiras e o Cruzeiro, que venceu a Copa do Brasil de 1993.

Naquele ano, o São Paulo foi o único que chegou às quartas de final, e até avançou para a grande decisão, mas foi derrotado pelo Vélez Sarsfield nos pênaltis. De 1995 a 1999, quando o torneio classificava apenas o campeão brasileiro e o da Copa do Brasil, o país seguiu mantendo pelo menos dois times entre os oito melhores.

Em 2011, o Brasil entrou na Libertadores com nada menos do que seis representantes, o maior número entre todos os países participantes. O Corinthians ficou logo na pré-Libertadores, derrotado pelo Deportes Tolima.

Fonte: Uol Esporte

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 
JORNAL SÃO PAULO CENTER
Telefones: (11) 3374-3333 ou 9-9298-9006 - WhatsApp (11) 9-5847-9889 tim
  Site Super