São Paulo se contradiz no uso da base

No fim de 2010, o São Paulo pregou que viveu um ano de transição e que a receita do sucesso para o futuro seria um maior aproveitamento de suas categorias de base.

Quatro meses se passaram desde então, e o time do Morumbi ainda não deu mostras de que irá seguir à risca esse planejamento. Há até indícios de que ele será abortado.

Exceto Lucas, 18, e Casemiro, 19, que já eram nomes importantes no fim da última temporada, nenhuma outra cria da base do clube parece próxima de se tornar titular.

Luiz Eduardo é o segundo reserva para a zaga. Wellington e Zé Vitor tampouco são a primeira opção para o posto de volante. E Henrique deve se transformar em breve na quarta opção para o ataque.

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 
JORNAL SÃO PAULO CENTER
Telefones: (11) 4653-3681 ou 9-9298-9006 - WhatsApp (11) 9-5847-9889 tim