no site na web Voltar ao inícioHomePesquisarPesquisarMapa do siteMapa do Site

Juros das operações de crédito crescem em dezembro, diz Anefac

* - Pessoa física A taxa de juros média geral para pessoa física apresentou elevação de 0,05 ponto percentual no período (1,23 ponto percentual no ano), alta de 0,74% no mês (1,04% em 12 meses), e passou de 6,74% ao mês (118,74% ao ano) em novembro de 2010 para 6,79% ao mês (119,97% ao ano) em dezembro. Essa é a maior taxa de juros média para pessoa física desde julho de 2010. De acordo com a pesquisa, as únicas taxas para pessoa física que não tiveram aumento no período foram a do cartão de crédito rotativo, que manteve inalterada a taxa de juros média no mês, e a do cheque especial, que foi reduzida em dezembro. As demais tiveram alta, por isso a elevação da taxa média geral. * - Pessoa jurídica A taxa de juros média geral para pessoa jurídica apresentou alta de 0,01 ponto percentual em dezembro (0,18 ponto percentual em 12 meses), aumento de 0,26% (0,32% em um ano), e passou de 3,79% ao mês (56,27% ao ano) em novembro para 3,80% ao mês (56,45% ao ano) em dezembro. Nesse caso, é a maior taxa de juros média desde agosto de 2010. Das três linhas de crédito pesquisadas para empresas, duas tiveram as taxas de juros reduzidas (capital de giro e conta garantida) e a de desconto de duplicatas foi elevada. Motivo das altas De acordo com Miguel José Ribeiro de Oliviera, vice-presidente da entidade, as altas podem ser atribuídas a pelo menos três fatores. Dois deles foram introduzidos pelo governo no dia 3 de dezembro: a elevação dos depósitos compulsórios promovida pelo Banco Central e a majoração do requerimento de capital para as operações de crédito a pessoas físicas com prazos superiores a 24 meses (fator de ponderação de risco). O outro motivo e a provável elevação da taxa básica de juros (Selic) por conta da elevação dos índices de inflação, diz o especialista. Taxa de juros x Selic De janeiro a dezembro de 2010, a taxa básica de juros (Selic) cresceu 2,00 pontos percentuais (elevação de 22,86%), de 8,75% ao ano em janeiro para 10,75% ao ano em dezembro, diz a entidade. No período, a taxa de juros média para pessoa física apresentou redução de 1,99 pontos percentuais (queda de 1,63%), de 121,96% ao ano em janeiro para 119,97% ao ano em dezembro. Nas operações de crédito para pessoa jurídica houve elevação de 0,36 ponto percentual (elevação de 0,64%), de 56,27% ao ano em janeiro para 56,45% ao ano em dezembro, diz a Anefac. De acordo com Miguel de Oliveira, tendo em vista medidas do Banco Central do dia 3 de dezembro e a provável elevação da taxa básica de juros (Selic) por conta da elevação dos índices de inflação, as taxas de juros das operações de crédito deverão ser elevadas nos próximos meses.

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 
JORNAL SÃO PAULO CENTER  -  AESCALADA - ACADEMIA BRASILEIRA DE ESPORTES
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS TREINADORES ESPORTIVOS E PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA
Telefones: (11) 3754-2364 ou WhatsApp (11) 9-5847-9889
  Nipotech