no site na web Voltar ao inícioHomePesquisarPesquisarMapa do siteMapa do Site

ATLETAS DO TIME ARUJAENSE SEGUEM TREINANDO EM CASA NESSA QUARENTENA

Os jogadores do time Arujaense Esporte Clube, falam como está sendo a experiência de treinar em casa nessa quarentena e relatam se sentem alguma preocupação com relação ao futebol no futuro


Rosângela Oliveira


Jornal São Paulo Center: Como está sendo a experiência de treinar em casa?

Éric Costa: Primeiramente está sendo uma sensação totalmente diferente, mas todos os dias eu estou treinando, fazendo exercícios, estou focado, recebo umas instruções de pessoas que são profissionais, recebo links de treinamentos em casa e de como me alimentar bem. Estou seguindo todas as instruções que possam me ajudar a melhorar a cada dia.

Jackson Cunha: Sinceramente é meio estranho, pois não tinha muito costume com esses treinamentos em casa, infelizmente minha estrutura em casa para treinar é limitada, minha rotina era mais exercícios no campo, areia e academia.

Ismael Neto: Normal, sempre treinei em casa, não é algo diferente para mim.

Norbert Cunha: Não tinha esse habito de treinar em casa e não sabia como era bom treinar em casa, está sendo uma experiência ótima, recomendo aos meus parceiros!

Robério Borges: Confesso que está sendo um pouco difícil, mas é meu sonho que está em jogo, então tenho que fazer por onde para realizá-lo.

Elielson Souza: Não está sendo muito boa, por falta de treinar em campo.

Jefferson Abreu: A experiência de treinar em casa está sendo ótima, porque é uma coisa que não fazíamos, mas estou sentindo muita falta de treinar em um campo ou em um CT. Faço uns circuitos, com as coisas que eu tenho, vou me virando para manter a forma física.

Luan Souza: Está sendo uma experiência meio que divertida, você pega alguns objetos da casa, as vezes quebra alguma coisa da sua mãe (risos); monta obstáculos, percursos etc.

Erenilson Moraes: Com um pouco de dificuldade por conta do espaço, mas me adaptando com a situação, pois estamos em quarentena.

 Ronalsson Torres: Normal sempre treinei em casa.

Silvio Soares: Está sendo muito diferente, mas graças a Deus está sendo uma experiência muito boa.


Jornal São Paulo Center: Você está sentindo alguma dificuldade para treinar em casa?

Éric: Sim, não é a mesma coisa de estar treinando como antes, está sendo difícil, mas todos os dias eu estou treinando, fazendo exercícios, me alimentando bem, e estou muito focado.

Jackson: Sim, sinto algumas dificuldades e a maior delas é a falta de movimentação, que faz muita falta na carreira de um atleta.

Ismael: Não.

Norbert: Graças a Deus nenhuma dificuldade.

Robério: Sim, pelo fato de ter pouco espaço, mas como eu disse para realizar meu sonho farei tudo que for preciso.

Elielson: Sim, porque em casa nós treinamos mais a parte física, já se fosse em campo treinávamos com bola várias atividades.

Jefferson: Sinto dificuldade sim, pelo fato de eu não ter uma estrutura melhor para treinar em casa.

Luan: Sim, pois minha casa não é grande e muito menos tem um espaço apropriado para treinamento, mas com um pouco de improviso tudo se resolve.

Erenilson: Sim, por conta do espaço e falta de alguns equipamentos de treino.

Ronalsson: Não.

Silvio: Eu não sinto muita dificuldade não.


Jornal São Paulo Center: Quais dicas você dá para outros jogadores que também estão tendo que treinar em casa por conta da pandemia? 

Éric: Que treinem todos os dias, se alimentem bem, façam exercícios, que se cuidem e estejam totalmente focados.

Jackson: Bom minha dica aos outros atletas e colegas de profissão é que se dediquem ao máximo, treinem e não deixem que essa pandemia os desanime. Se cuidem, cuidem de seus familiares e amigos pois sem saúde não existe treino e nem sonho.

Ismael: Que continuem os treinos e que não percam o foco.

Norbert: Que eles não deixem o foco cair e sempre treinem com objetivo!

Robério: Se esforcem e treinem muito, pois o que você procura e quer pode estar logo ali.

Elielson: Treinem bastante a parte física para quando voltarmos a treinar em campo nós estejamos preparados.

Jefferson: Tenham foco, não parem, façam os exercícios com o que vocês têm, peguem qualquer coisa e tentem fazer um circuito, assistam vídeos de exercícios no YouTube e façam os exercícios para que vocês não percam a forma física.

Luan: Trabalhem também a parte psicológica, pois eu acho que no momento é o que mais precisa ser exercitado para que se evite uma ansiedade ou até mesmo uma depressão, devido ao longo período dentro de casa sem ter contato com alguns familiares e amigos.

Erenilson: Vamos respeitar o sistema e se proteger contra esse vírus.

Ronalsson: Terem sempre disposição e se alimentarem bem, tudo isso contribui para um bom treinamento.

 Silvio: Treine o máximo que puderem que vai ajudar muito.


Jornal São Paulo Center: Qual sua maior preocupação com relação ao futuro no futebol?

Éric: Minha maior preocupação é que as minhas metas não sejam alcançadas, eu coloco metas na minha vida, onde eu trabalho muito para que sejam alcançadas.

Jackson: Quando se fala de futuro já temos uma grande preocupação, ainda mais com tudo o que está acontecendo no mundo, essa pandemia nos deixa em alerta, pois nesse momento temos que pensar em tudo o que envolve nossos sonhos e nossa vida de atleta.

Ismael: Preocupação de quanto tempo levará para voltamos as nossas atividades.

Norbert: É não ter uma carreira boa, bem-sucedida, é ter lesões graves.

Robério: Ficar longe da família.

Elielson: Eu não tenho preocupação com meu futuro porque só pertence a Deus. Eu vivo um dia de cada vez, não penso no dia de amanhã, mas procuro fazer tudo certo hoje, e amanhã fazer muito melhor que hoje se Deus permitir.

Jefferson: Tenho preocupação sim, mas no momento não sei explicar essa preocupação.

Luan: Minha maior preocupação em relação ao futuro é a vida "pós-pandemia". Como vai ser as nossas vidas depois que tudo isso passar?

Erenilson: Me preocupo com inúmeras sequelas que poderão surgir depois de tudo isso.

Ronalsson: Os clubes ficarem sem condições financeiras para contratação do elenco.

Silvio: A minha preocupação é o futebol não voltar esse ano, pois venho me dedicando muito aos treinos.



Atleta: Éric Costa  Posição: Meio-campo   Foto: Arquivo pessoal



Atleta: Jackson Cunha  Posição: Volante  Foto: Arquivo pessoal



Atleta: Ismael Neto   Posição: Segundo volante  Foto: Arquivo pessoal




Atleta: Norbert Cunha  Posição: Lateral esquerda  Foto: Arquivo pessoal



Atleta: Robério Borges Posição: Ponta esquerda/ Atacante  Foto: Arquivo pessoal



Atleta: Elielson Souza Posição: Lateral esquerdo/ Meia esquerda  Foto: Arquivo pessoal



Atleta: Jefferson Abreu  Posição: Zagueiro/ Volante  Foto: Arquivo pessoal



Atleta: Luan Souza  Posição: Zagueiro   Foto: Arquivo pessoal



 

Atleta: Erenilson Moraes  Posição:Goleiro  Foto: Arquivo pessoal



Atleta: Ronalsson Torres  Posição: Atacante  Foto: Arquivo pessoal


Atleta: Silvio Soares  Posição:Volante  Foto: Arquivo pessoal

 

 

 

 

 


 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS TREINADORES ESPORTIVOS E PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA
JORNAL SÃO PAULO CENTER  -  AESCALADA - ACADEMIA BRASILEIRA DE ESPORTES
Telefones: (11) 4395-0925 ou WhatsApp (11) 9-5847-9889