no site na web Voltar ao inícioHomePesquisarPesquisarMapa do siteMapa do Site

Conheça as principais funções de um Treinador de Futebol

Orientar dar treinamentos técnicos, táticos e regras de futebol e dirigir uma equipe durante os jogos são apenas as umas das funções mais óbvias e objetivas de um treinador.


 

Mas o seu papel no futebol moderno é muito mais complexo. Destacamos as funções do treinador principal de uma equipe de futebol profissional, deixando ciente que o seu papel deve estar muito mais alem: dos jogadores, da comissão e dos dirigentes. Assim, ele é o elo de ligação privilegiado entre todos os envolvidos. As suas funções principais serão, portanto, as 10 seguintes:

1. Táticas

É ao Treinador de Futebol principal que cabe a tarefa de delinear o esquema tático a utilizar, construindo um esquema teórico que corresponda ao desenho das posições a ocupar pelos jogadores no decurso do jogo. Obviamente, ele será também o responsável pelas adequações e modificações desse desenho tático durante o jogo. Lembrando que nunca aos preparadores físicos e auxiliares

2. Aplicar nos treinos essas ideias táticas

O Treinador de Futebol principal é o responsável pela orientação dos treinos, tendo em conta a necessidade de preparar todos os jogos e tendo também em conta a observação prévia da equipe adversária.

3. Treinamento físico

Embora a maioria dos clubes disponha de um Preparador Físico para a preparação física, o Treinador é o responsável maior pela definição de estratégias que visam à manutenção da forma física dos atletas.

4. Liderar os processos de relacionamento interpessoal

No grupo e comissão e fora dele, espera-se que o treinador seja um verdadeiro líder de homens mais do que de jogadores; ele é o responsável pela prevenção e resolução de conflitos e pela manutenção da disciplina interna no grupo de trabalho.

5. Convocação para os jogos:

É ao Treinador que cabe a decisão de selecionar os atletas a incluir para os jogos oficiais e amistosos.

6. Selecionar a equipe base e os suplentes para cada jogo

É o Treinador que decide os onze jogadores a entrar em campo em cada jogo, tendo em conta diversas variáveis, como a forma física e técnica dos atletas e as exigências do desafio.

7. As ações da equipe durante um jogo

No decorrer da partida, é o treinador que decide as alterações ao esquema tático bem como o posicionamento dos jogadores em campo, mediante cada situação concreta.

8. Decidir as substituições a efetuar durante o jogo

No decorrer da partida ele deve avaliar a necessidade de proceder a substituições, em função do evoluir do marcador assim como do desempenho dos atletas.

9. Negociar com a direção os novos contratos (dispensas, renovações e contratações).

Exige-se ao Treinador uma coordenação de procedimentos com os dirigentes do clube no sentido da construir um plantel em função dos objetivos delineados para a temporada.

10. Ser o principal porta-voz da equipe.

 O treinador deve ser sempre o primeiro a assumir os insucessos de um grupo de trabalho; por outro lado é a ele que cabe a responsabilidade de transmitir qualquer decisão importante no que respeita ao trabalho de todo o grupo.

Fontes: CBO e Equipa





Veja abaixo o que o atleta de Futebol precisa saber e o TREINADOR precisa estar preparado para ensinar. O que o Atleta profissional de futebol precisa saber...

Conhecer regras e regulamentos do desporto

Atualizar-se periodicamente; Respeitar as regras; Utilizar as regras; Conhecer a pontuação da modalidade; Conhecer as penalidades da modalidade; Participar de congressos técnicos da modalidade.
Definir metas e objetivos de carreira na modalidade

Analisar o calendário de competição da modalidade; Fixar metas de resultados para curto, médio e longo prazo; Periodizar o treinamento.
Preparar o físico para as competições

Submeter-se a avaliação física e médica; Seguir programa de preparação física com orientação profissional; Praticar exercícios de resistência muscular; Praticar treinamento de explosão; Praticar treinamento de flexibilidade; Praticar treinamento de velocidade; Praticar treinamento de agilidade; Praticar treinamento de reflexo; Praticar treinamento de força; Praticar treinamento físico específico da modalidade; Preparar-se psicologicamente para as competições.
Atualizar o preparo técnico

Praticar os fundamentos técnicos da modalidade desportiva; Seguir as instruções técnicas atualizadas; Participar de programas de intercâmbio; Acompanhar eventos esportivos de alto nível; Participar de cursos e palestras da modalidade esportiva; Participar de torneios e competições não oficiais; Simular jogadas em treinamento; Utilizar implementos específicos da modalidade; Treinar com assiduidade.
Preparar-se psicologicamente para competições

Submeter-se a avaliação psicológica; Treinar sob pressão psicológica; Treinar concentração; Treinar relaxamento; Preparar-se para reagir às situações adversas; Treinar visualização; Treinar memorização; Treinar respiração; Submeter-se a acompanhamento do psicólogo esportivo.
Manter o preparo nutricional

Submeter-se a exames específicos para identificar carências de minerais e vitaminas; Consultar nutricionista; Seguir o programa nutricional fixado pelo nutricionista; Controlar o peso; Repor líquido durante e após treinamento e competição; Evitar a ingestão de substâncias prejudiciais à prática desportiva.
Desenvolver estratégias e táticas para a competição

Simular situações de jogos e competições; Definir o estilo de competição próprio; Analisar o comportamento do adversário; Analisar tecnicamente o adversário; Anular os pontos fortes do adversário; Explorar os pontos fracos do adversário; Analisar os obstáculos naturais do local da competição; Explorar o melhor posicionamento para atuação dentro da área de competição; Desenvolver os meios específicos para execução da estratégia; Analisar as condições físicas e climáticas do local da competição.
Participar de competições desportivas oficiais

Conhecer o local da competição; Conhecer o tipo de piso do local da competição; Usar o material esportivo adequado às características do local da competição; Usar o material adequado à modalidade esportiva; Ser filiado às entidades responsáveis pela modalidade esportiva (conf., Feder., Associações.); Submeter-se à pesagem oficial; Conhecer o regulamento da competição; Cumprir os horários pré-determinados pela comissão organizadora.
Demonstrar competências pessoais

Ser ético; Respeitar técnico, árbitros e atletas; Trabalhar em equipe; Manter auto-estima; Manter o equilíbrio emocional; Manter auto-confiança; Ser disciplinado; Ser determinado; Adequar-se ao estilo de vida exigido pela profissão; Tomar decisões; Ter espírito de liderança; Ter humildade; Ter garra; Ser dedicado; Participar de programas sociais; Dominar o idioma português; Ter perseverança; Ser sociável; Manter boa relação com os meios de comunicação; Ter capacidade de lidar com a derrota; Ter seriedade.

Elias Teixeira


 Fontes: equipas e CBO

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 
JORNAL SÃO PAULO CENTER  -  AESCALADA - ACADEMIA BRASILEIRA DE ESPORTES
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS TREINADORES ESPORTIVOS E PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA
Telefones: (11) 3754-2364 ou WhatsApp (11) 9-5847-9889
  Nipotech